ESTOU EM OVERTRAINING. E AGORA?
08/05

RSB_HOME

overtraining musculacao hipertrofia-muscular

Você sabe o que é overtraining? Se adora fazer séries e não fica um dia sem ir à academia, com certeza você já ficou indisposto, com dores nas articulações ou teve sintomas diferentes do comum. O overtraining é uma síndrome que vem se tornando cada vez mais comum em academias. Ou seja, quando a atividade física deixa de ser saudável e prejudica a saúde.

Para esclarecer as dúvidas e ficar por dentro do assunto, conversamos com o professor de musculação Dennis Mendes, que fala dos sintomas dessa sobrecarga nos músculos.

“O overtraining é um excesso de treinamento, e é provocado pelo excesso de exercício ou por uma carga de intensidade alta. Ele ocorre principalmente pela falta de recuperação adequada durante os treinos. Por exemplo, se você treina com intensidade alta todos os dias, e não descansar, fará uma sobrecarga nos músculos e membros”.

Quando não há repouso, o sistema do substrato energético do músculo se acumula. Por isso é importante o descanso entre os treinos e da presença do professor, pois ele vai ajustar a intensidade e variabilidade dos exercícios, de acordo com o seu objetivo e disponibilidade.

Para prevenir, basta seguir alguns parâmetros e, principalmente, escutar os sinais que seu corpo dá. Não espere uma resposta linear, até por que o overtraining só é diagnosticado com uma junção de muitos fatores.

“O aluno vai sentir uma diminuição no desempenho físico, pode sofrer com insônia, ter um aumento de estresse, vai se sentir cansado e a imunidade pode abaixar. Então, nada melhor do que um descanso e um ajuste certo de um intervalo entre os treinos e a série. O nosso corpo precisa de repouso após a atividade física e, se isso não ocorre corretamente, o organismo fica prejudicado e aparecem sintomas negativos”, explica Dennis.


Deixe seu comentário

1000 RSC_CHARS_LEFT

Antispam RSC_REFRESH_CAPTCHA RSC_CAPTCHA_CASE_INSENSITIVE

Facebook
Instagram