Aluno da Trainer vai nadar prova de 24k
01/11

RSB_HOME

alt

Uma das provas mais extremas de natação é a Travessia 14 Bis. O participante precisa nadar 24 quilômetros entre Bertioga e o Guarujá para completá-la. No ano passado, nosso aluno Marcos Miyake completou a prova em quase 7 horas (clique aqui para ver mais). Neste ano, mais um aluno vai participar: o Vinícius Gonçales.

A travessia vai rolar no dia 12 de novembro e o Vinícius já está firme na preparação. Batemos um papo com ele sobre como estão os treinos.

Blog da Trainer: Como é a preparação para uma prova tão difícil?
Vinícius Gonçales: A preparação é bastante dura. Treino entre 25 e 30 km por semana e serão aproximadamente 19 semanas nesta mesma rotina. Quando estiver mais próximo da prova, vamos começar com treinos mais longos, de três a cinco horas, nadando em mar ou represa. Sem contar o trabalho fora da piscina, com musculação e funcional.

Blog da Trainer: Dá para falar sobre o que é mais difícil na preparação?
Vinícius: A parte mais difícil é vencer a mim mesmo a cada dia. Tenho de encarar os meus medos, neuras, preguiça e o frio para estar na água todos os dias às 6 da manhã. Os treinos são cansativos, mas vencer a própria resistência e os próprios medos é o maior desafio.

Blog da Trainer: Como está a expectativa?
Vinícius: Minha expectativa é concluir a prova e vencer meu próprio desafio. Não me considero e não sou um bom nadador, por isso, se chegar ao final inteiro está ótimo.

Blog da Trainer: Qual é o papel da Trainer na preparação?
Vinicius: Nadei na Trainer há aproximadamente 10 anos, mas mudei de cidade e parei. Neste ano, voltei a nadar na Trainer, com o objetivo de melhorar minha performance. A academia tem sido uma aliada e companheira, desde o início foram super compreensivos e me apoiaram muito com as necessidades destes treinos. Além disso, o Marco (Vicco, professor de natação) é um grande professor e incentivador deste projeto, juntamente com meus treinadores Samir Barel e Luiza Tobar. Sou muito grato à Trainer!

Blog da Trainer: Por que fazer uma prova tão difícil?
Vinícius: Boa pergunta. Quando penso nesta prova me sinto um peixe fora d'agua, principalmente porque é feita por gente extremamente preparada, que já nadou muito e com mais experiência do que eu. Mas o desafio é o principal motivo e estímulo para um nadador comum como eu. Quero superar e levar isso para o resto da minha vida.


Deixe seu comentário

1000 RSC_CHARS_LEFT

Antispam RSC_REFRESH_CAPTCHA RSC_CAPTCHA_CASE_INSENSITIVE

Facebook
Instagram